TETE ALHINHO, A VOZ MULHER DE CABO VERDE

 

De todos os discos de Teté Alhinho, voz que começámos a escutar com atenção nos Simentera, este será o de projecto mais antigo e o que levou mais tempo a concretizar. Mornas ao Piano tem raízes fundas na memória, na dela e na de Cabo Verde, as canções que ela ouvia na infância, na rádio, e as que vozes como Bana (sobretudo este) iam tornando imortais.

O piano cabo-verdiano (que na sua história tem, como expoentes, Tututa ou Chico Serra) serviu de inspiração, mas o disco vai além dele. Não tem só voz e piano (a dela, que a cada novo registo vai ganhando novas matizes e uma profunda expressividade, e o piano de Carlos Matos, Victor Zamora e Ricardo de Deus, um brasileiro radicado há quase duas décadas em Cabo Verde), mas também contrabaixo (Carlos Barretto e Francelino Silva), percussões (N’du Carlos, Paulo Charneca, Rob Leonardo), cavaquinho (Jon Luz), violino (António Barbosa) e guitarra (Americo “Meca” Lima).

Mas é na ligação voz-piano que tudo assenta, e os temas novos — dois dela, dois de Mário Lúcio (fundador dos Simentera) e um assinado por Antero Simas e Hélio Cruz — ligam-se de forma natural e orgânica aos clássicos aqui revisitados, como Talvez, de B.Leza, Sodade tem pena de mim, de Daniel Spencer, Dor de nha dor, de Luis Lima e Paulino Vieira ou o imortal Sina de Cabo Verde, de Gabriel Mariano e Jacinto Estrela: “Se ca tem tchuba, morrê di sede/ Se tchuba bêm, morrê fogode/ Gente sem sorte ca tem remedi/ Tchora bô sina, tchora maguado.”

NUNO PACHECO” (PÚBLICO” ( PORTUGAL)

 

 

 

 

 

 

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s