MORO VAZOU PARA A GLOBO O QUE OCORRIA NO DEPOIMENTO

520bd249-3704-428b-8b30-050fa1865e9c

Manifestação em Curitiba também foi contra o PiG! (Crédito: Mídia Ninja)

Vários internautas ficaram revoltados com a cobertura da GloboNews do depoimento desta quarta-feira (10) do ex-presidente Lula ao “justiceiro” Sergio Moro, em Curitiba. A emissora por assinatura, que pertence à famiglia Marinho, deu detalhes da audiência, sempre tentando satanizar o líder petista. O motivo da indignação é que o próprio “juiz” – se o algoz ainda merece este título – proibiu qualquer imagem da sessão.

À defesa do ex-presidente foi negado o pedido para gravar o depoimento. Sergio Moro também ordenou que os celulares fossem retidos e só permitiu o acesso ao local de promotores e advogados. Diante de tanta cautela, como os repórteres da Globo tiveram acesso aos detalhes sobre o depoimento? O falso juiz, com sua obsessão doentia contra Lula, vazou as informações?

O site Nocaute, editado pelo jornalista Fernando Morais, foi um dos primeiros a protestar contra o aparente crime. “O juiz Sérgio Moro, num de seus surtos de fanfarronice, afirmou que proibiria o uso de celulares durante o interrogatório de Lula para evitar vazamentos seletivos.

Aí vem a Globo e dá detalhes do que está acontecendo dentro da sala onde se encontram apenas Lula, Moro, os promotores e os advogados de defesa do interrogado. Ora, se os advogados de Lula jamais vazariam o que quer que fosse para a Globo, quem terá passado esses dados para os Marinho? Será que tem alguém substituindo o ‘japonês bonzinho, que vende informações para a imprensa’?. Responde, meritíssimo!”.

Ao mesmo tempo em que vazou informações, a GloboNews evitou dar qualquer destaque às milhares de pessoas que foram a Curitiba para manifestar a sua solidariedade ao ex-presidente. O jornalista Fernando Brito, do blog Tijolaço, acompanhou a cobertura da emissora global e constatou a descarada manipulação. Vale conferir:
*****

Assisto, há quase duas horas, a Globonews.

Nem mesmo por um segundo apareceu a imensa manifestação em favor de Lula.

Só polícia, polícia e mais polícia, além de repetições cansativas dos “crimes” de que Lula é acusado.

33 anos depois das Diretas-Já, o império Globo volta a fazer a manipulação da invisibilidade das manifestações.

Um completo contraste com as extintas manifestações “coxinhas”, que ocupavam o dia inteiro nas telinhas.

A Globo é inimiga da realidade, mas a realidade, como se sabe, não é fácil de ser vencida, por ser teimosa e, sobretudo, contagiosa.

Infelizmente, a dignidade profissional no jornalismo é artigo quase extinto e, também nos outros sites, vê-se que qualquer alucinado pró-Moro tem espaços e destaque maior.

Nem mesmo algum esforço para apurar quem paga os caros outdoors de provocação espalhados em Curitiba.

O chicotinho do general Newton Cruz, famoso na votação das diretas, não faria melhor.

PUBLICADO PELO “CONVERSA AFIADA” ( BRASIL)

Reproduzido do blog de Altamiro Borges

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s