AS REDES SOCIAIS DESESTABILIZARAM A DEMOCRACIA ?

laerte-pmdb

Uma visão mais ampla e contemporânea sobre os desafios das democracias no mundo nessa segunda metade do século XXI nos remete a uma reflexão dolorosa.

A Política e sua prática foi definida pelos gregos na época das cidades-estados. Em todos os tempos, o ser humano fez e faz política em todos os instantes de sua vida, mesmo quando a pratica inconscientemente.

Antes da existência das redes sociais, seu exercício era vertical e representado pelo poder legislativo, judiciário e executivo, sendo os representantes dos cidadãos homens e mulheres eleitos pelos partidos.

No momento, essa representação se diluiu, ao ser substituída por uma relação horizontal, consequência da falta de sintonia entre os eleitores, os partidos e os governos.

A existência de pequenos grupos e comunidades não representadas pelo partidos gerou um novo cenário em diversos países do mundo.

Primeiro despertou o populismo. Depois fortaleceu a capacidade de cidadãos constituírem partidos ou grupamentos que questionam o status quo.

Essa nova realidade surgiu na Itália com o Movimento Cinco Estrelas de Beppe Grillo. E agora, pelo movimento Uno, de esquerda. Na Espanha, o grupo Podemos. Na Grécia, o Syriza. Na França, Macron , que fundou um novo grupo ” em marche” e elegeu-se.

Todos frutos da insatisfação dos eleitores com os partidos tradicionais e nascidos das rebeldias e das participações  via internet.

No Brasil, com uma legislação política cartorial, que privilegia a fundação de partidos políticos que ganham acesso à fundos partidários e tempo de televisão, não há como fugir das amarras do sistema.

É nessa ciranda que a corrupção se infiltrou, deixando a nação à mercê de políticos e partidos que não representam o eleitor.

Nesse momento esse é o cenário no Brasil. Um país em que a política está sendo desprezada como atividade nobre, quando o esgarçamento do tecido mostra que vivemos em um sistema em que interesses privados de grupos empresariais, grupos de mídia,políticos e partidos se baseiam apenas no toma-lá-dá cá.

PATRICIO BENTES ” ALLTV” ( BRASIL)

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s